Com dois de Anselmo Ramon, Vitória bate Criciúma e finda jejum

Debaixo de muita chuva, a torcida do Vitória lavou a alma ao acompanhar o triunfo por 2 a 0 diante do Criciúma, nesta sexta-feira, 19, pela 10ª rodada da Série B. O destaque da partida foi o atacante Anselmo Ramon, autor dos dois gols rubro-negros no Barradão.

>>Veja tabela de classificação e jogos da Série B

O resultado tirou o time da lanterna da competição e encerrou uma sequência de quatro derrotas, a pior da temporada, mas não foi suficiente para tirar o Leão da zona de rebaixamento. Agora com sete pontos, o Rubro-Negro ocupa a 18ª posição na tabela.

A próxima partida do Vitória será na próxima terça, 23, fora de casa, contra o Londrina. Até lá os torcedores precisam secar os rivais na parte inferior da tabela. Vila Nova, Operário e Oeste são os primeiros times fora do Z-4 e entram em campo neste sábado, 20, pela Segundona.

O jogo

A chuva castigou o gramado do Barradão desde o primeiros minutos de jogo e a bola não rolou muito bem no início da peleja de nesta sexta. A dificuldade de trocar passes era pior para o Vitória, que era o mandante e tinha mais obrigações ofensivas. Ainda assim, o Leão conseguiu criar duas boas chances nos primeiros quinze minutos.

A participação de Anselmo Ramon foi importante nos dois lances. Primeiro, o camisa nove foi derrubado na entrada da área e Felipe Gedoz levou perigo na cobrança de falta. Depois, o centroavante foi acionado, girou bem pra cima da marcação e chutou perto do gol defendido por Luiz.

Nos minutos seguintes, ainda sob chuva, nenhuma chance foi criada no estádio Rubro-Negro. O jogo passou a ser constantemente interrompido por faltas e dar seguimento a uma jogada de ataque se transformou em um verdadeiro desafio. Só no primeiro tempo foram 26 infrações (12 x 14) e quatro cartões amarelos distribuídos. Três deles para jogadores do Tigre.

Foi justamente em uma cobrança de bola parada a única chance de perigo criada pelos visitantes. O lateral-esquerdo Marlon mandou um foguete em cobrança de falta e a bola passou rente ao lado da trave esquerda defendida por Martín Rodríguez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *